Entenda por que exagerar no treino pode ser prejudicial à saúde

Fazer exercício físico regularmente traz benefícios não somente à saúde, como também pode se tornar um hobby. O que pouca gente se lembra é da necessidade do equilíbrio para que o hábito saudável não se torne um grande risco para o corpo.

 

Quando os resultados demoram a aparecer ou quando se realiza o mesmo tipo de atividade há muito tempo, é normal se sentir estagnado ou frustrado. Por isso, algumas pessoas aumentam a rotina de treinos. Mas sabia que essa mudança brusca nas atividades pode ser prejudicial à saúde?

 

prática excessiva de atividade física pode prejudicar a musculatura e também o sistema cardiovascular. Existe até um nome para o problema, síndrome do excesso de treinamento. Ela ocorre quando a pessoa treina sem intervalos, buscando resultados melhores, o que de fato não acontece.

 

Sinais de que você pode

estar exagerando nos treinos

 

Fazer exercício físico exige disciplina na hora dos treinos, mas também tempo para descanso. Quando ocorre excesso de esforço físico e a pessoa não respeita os intervalos de descanso, logo o corpo sinalizará que algo não está bem.

 

excesso de treinos acaba trazendo mudanças negativas no organismo. O corpo passa a produzir hormônios de forma errada e o coração pode ficar acelerado o tempo todo, mesmo estando em repouso. Além disso, o emocional também é prejudicado, podendo gerar irritação, mau humor e insônia.

 

Veja alguns sinais de que você

está exagerando na hora de fazer exercício físico:

 

  • Recuperação mais demorada – Falta de fôlego por muito tempo e fadiga excessiva nos braços e pernas podem indicar esforço além do limite para o corpo. Se após beber muita água, você continua com sede e as dores musculares são muito fortes depois de fazer exercício físico, é indicado diminuir a frequência de suas atividades.

 

  • Mudança de frequência cardíaca – O excesso de exercício físico também pode aumentar a frequência cardíaca. Normalmente essa mudança é notada pela manhã, quando o corpo está em repouso mas os batimentos continuam acelerados.

 

  • Dor muscular prolongada – Uma rotina muito pesada de treinos sem o descanso necessário pode acarretar em muitas dores no corpo durante dias. Se os músculos demoram a parar de doer, este pode ser um sinal de que é necessário diminuir a intensidade dos treinos.

 

  • Cansaço físico e mental – A fadiga muscular, até certo ponto, é normal em uma rotina de treinos. Mas o excesso de exercícios pode também influenciar na sua concentração e desempenho mental, além de diminuir sua energia física.

 

  • Frustração – Você passa a se sentir frustrado com a falta de resultados. Isso faz com que queira intensificar cada vez mais a rotina de treinos. Esse excesso é o primeiro passo que deve ser corrigido para evitar a síndrome do excesso de treinamento.

 

Como melhorar a recuperação muscular

 

Ao perceber que está exagerando ao fazer exercícios físicos, o melhor é buscar ajuda de um médico e diminuir a frequência dos treinos.

 

Caso a sua situação não seja tão grave, basta seguir algumas dicas para melhorar a saúde do corpo e o seu desempenho.

 

Para ter uma recuperação muscular mais rápida e evitar a fadiga diária, o descanso é essencial. Não é indicado trabalhar os mesmos grupos musculares todos os dias, por isso a maioria dos treinos em academias são alternados.

 

A alimentação também é sua grande aliada na recuperação muscular. Fazer refeições equilibradas, com diferentes proteínas e carboidratos, ajuda a recuperação e diminui as dores musculares mais rapidamente.

 

Outra forma é consumindo Ultra Whey, suplemento indicado para atletas ou pessoas com uma rotina de treinos muito pesada. Antes de começar a usar esse produto, é recomendamos que procure um profissional.

 

Conheça mais sobre o produto na nossa loja online!

Deixe um comentário